9.9.07

Um brinde às Esperanças

Às esperanças perdidas, às esperanças mantidas e, sempre e principalmente, às Esperanças renovadas.

Último ano para contar a idade nos dedos.

3 comentários:

Kauê disse...

tá velha, hein?
10 anos
(ou tu conta a idade nos dedos dos pés também?)

Isma disse...

E viva a Clarice Esperança!

Paula disse...

Kauê
Tu me respeita, sou dois meses mais velha que tu.

Isma
Boa