12.2.08

Top 10

Já faz um tempim tenho vontade de responder ao memê/top 10 da Ju sobre os dez homens desejáveis e as dez mulheres invejáveis. E que melhor momento para isso do que agora, quando tenho um monte de coisas mais importantes para fazer? Ah, os subterfúgios do ocio. Lembrando que é ordem de lembrança, não de preferência.

* Jude Law
Eu já gostava dele antes dele ficar famoso, tá. Na verdade, sô bem mais o tempo de Círculo de Fogo do que o Amor Não Tira Férias - o que também não interfere em nada no nível de guapeza do guapo.

* Jonny Deep
Sem a versão Fábrica de Chocolates, por favor. Lembro que uma vez eu vi no orkut uma comunidade chamada "eu pegava o Jonny Deep" ou algo parecido, e tinha uma amigo meu nela - com razão, off course.

* Brad Pitt
Ao contrário da Ju, não preciso invocar os meus 13 anos. Não só os 13. Esse consta na lista há tempos e pelo jeito deve permanecer por mais umas décadas.

* George Clooney
Charme, babe. Charme. Fora que ele se preocupa com o mundo, peita os outros e consegue fazer filmes legais e que dizem alguma coisa sem ser chato. Ele era jornalista, sabia?

* Clint Eastwood novinho
Fazer o que se não se fazem mais homens como antigamente...

* Alexandre Borges
Não é que eu seja tÃo colonizada, o Brasil tá cheio de moços lindos - vide aquele guri que fazia o irmão da Cléo Pires em uma novela das 8 passada (as gurias vão lembrar), mas esse é um Top 10, né. Sendo Assim, o sr. Borges se encaixa muito bem aqui. Na verdade, ele equivale a um Clooney Tupiniquim - descontando os filmes legais e tal.

* Adam Brody (Seth Cohen) e Chad Michael Murry
Dois na mesma não pode. Pode sim, ainda mais se os dois estão aí em homenagem ao grande tempo que eu perdi vendo seriados - e foi um bom tempo perdido.

* Alex
Gostei dessa história de colocar personagens da ficção. Sendo assim, não pelo atributos notáveis mas pela doçura - sem parecer gay, que isso fique bem claro - Daniel Brühl. Quem? O carinha do Adeus, Lênin, sa´s. Uma gracinha.

* Tomas, da Insustentável Leveza do Ser
Para fechar, outro que não existe mas poderia. Safado, cachorro e sem-vergonha, mas, mas... a Tereza, o existir, as metáforas. Sem contar que o livro é fantástico. Tá, isso não é sobre livros, but, quem liga?

Menção especial para Joaquin Phoenix, Colin Farrel, Ethan Hawke (em grande parte por causa de Antes do Amanhecer) e Keanu Reeves, que só não estão nessa lista porque eu lembrei de Adeus, Lênin e The O.C primeiro. Mas que merecem, merecem. Ah, e põe também o Cannavaro aí. Grande copa do mundo. Vi muita guria virar torcedora de carteirinha da Itália.

Quanto as mulheres invejáveis, rapidão: Catherina Zeta Jones, Maria Fernanda Candido, Eva Longoria, Jéssica Alba, Ava Gardner, Anjelina Jolie, Eva Green, Ana Paula Arósio, Carolina Ferraz e a Holly Golightly. Tá todo mundo convidado para seguir o memê - e vou chamar na xinxa o Igor, que é o quem tem o blog mais respirandinho.
Agora Ju, a Gina? Pô, tão ruivinha sem graça...

3 comentários:

Frau Bersch disse...

eu falo da gina dos livros! dos livros!! alias, devo aproveitar a deixa pra fazer o que nao fiz em minha meme por falta de espaco, e deixar registrado meu profundo desgosto com a injustica feita a pobre da menina na versao cinematografica! toda a evolucao da personagem ao longo da serie fica resumida a uma mera figuracao - que poderia muito bem nao estar ali, se o harry nao precisasse de uma namorada mais adiante. mas enfim, os filmes sao mesmo uma versao aventura-infanto-juvenil, em que todo o complexo universo psicologico/metaforico/subliminar eh simplesmente decepado. fazer o que...

Frau Bersch disse...

aaah proposito: uma colega minha viu o daniel bruehl semana passada no festival de berlim. hunf! eu nem queria mesmo.

Paula disse...

Ainda assim. Que amiga sem graça... Qd tu volta, nem q seja a escrever?