22.4.08

Piada interna



Lembra alguém?

3 comentários:

Kauê disse...

Parece bem mais com esse aqui.

nita disse...

Para mim parece o Yoda, mas como eu não sou parte da piada interna... xD

Achei o link para o seu blog no da Lola (escrevalolaescreva)
Acabei descobrindo pelo seu perfil que é jornalista. É a profissão que eu pretendo seguir, gostaria de saber mais sobre ela...

Paula disse...

Então, Nita. Jornaliiista ainda não. Protótipo. Me formo no fim do ano. Frente a tua pergunta, só consigo pensar em pedir ajuda aos universitários. E daí gurizada, como é ser jornalista?
Da minha parte, te digo que a realidade é bem diferente do que eu imaginava. Sempre gostei de ler e conversar com as pessoas, mas na faculdade eu percebi que gostar de escrever também é importante. Ganha-se mal, mal mesmo - pelo que observo, isso é uma das partes mais desmotivadoras - e trabalha-se muito. A mídia brasileira está em um momento complicado, e tem um sistema sufocante que enoja - o que não é desculpa, até pq se ninguém fizer alguma coisa, quem vai fazer? Claro, isso é um lado. Noticiar é uma coisa muito legal e conviver com pessoas que sabem um pouco de quase tudo - ou/e enganam muito bem- tb é bem divertido. Tem dias em que não me vejo fazendo outra coisa já em outros uma segunda faculdade parece uma grande opção. Resumindo, tu tem que gostar, gostar muito. Não é o tipo de trabalho das 9h as 6h (os horários são doidos e não tem fim de semana livre). Conversando com o Isma, concluí que um bom jornalista é um jornalista 24h, o que é assustador e bonito ao mesmo tempo. Tu fazer isso pq tu quer e pq tu precisa. Ou deveria.