11.10.08

"O amor pode ficar frustrado; e pessoas que se amam e se querem bem podem, no entanto, viver uma ao lado da outra sem encontrar seu destino comum, ficando presos em suas vidas misteriosamente incomunicáveis e incomensuráveis; e cada um gostaria de ajudar o outro e, no entanto, não pode e nem sequer pode se ajudar a si próprio, assim como em pesadelos absurdos e tristes. Mas sabemos, enfim, que a alegria e a tristeza são inseparáveis como compassos diferentes de uma mesma música. A arte de narrar essas coisas e a oportunidade de lê-las e compreendê-las é o grande consolo dos que ficam do lado de fora e aos quais o destino não deu a força de comandar a própria vida." Herman Hesse

(Lá do Igor.)

Nenhum comentário: