9.8.09

Novas velhas

De volta a vidinha internética, caída de para-quedas no inverno gaúcho e recebida por um tempinho tipicamente caxiense: chuva plus frio plus umidade. Como veio com o plus churrasco, família reunida e cama quentinha não tenho do que reclamar(sim, sim. Feliz dias dos pais mr Bianchi).
Anyway, as novas velhas. Semana triste para os blogs gaúchos. A Nova Corja fechou as portas (sei que vocês já sabem, mas não custa repetir). O timing não podia ser melhor. Bem na hora que o Ministério Público mandou as favas o restinho de dignidade do governo. Agora com ou sem "ai ai, pula Yeda que ela cai" o mar de lama que já era geral ficou visível até para o mais tapado dos tapados eleitores da desgovernadora.
Como bem lembrou o Träsel, o jornalismo perde com a saída dos guris de cena. E que venham mais pessoas dispostas a jogar lenha na fogueira seguindo o elma do Millor. "Jornalismo é oposição, o resto é balcão de secos e molhados”.
E como uns vão outros vêm, tem também o Ale de blog novo. Ainda não tive tempo de ler, mas já vai pro blogroll. Toda sorte pra ele e pra Thais nessa empreitada. Viva os que tem coragem pra redescobrir o mundo e viver além das 9 a.m às 18 p.m. Não somos todos estrangeiros no fim?

3 comentários:

Kauê disse...

ah, o balcão de secos e molhados...

Paula disse...

Lembra a tua infância, rigth?

Kauê disse...

ahn... não
lembra a parte interessante do jornalismo =P