12.8.09

Pra fugir da página em branco do word

Já volto lá pra matéria, juro. Só me dá dois minutinhos pra descansar a cabeça, olhar os e-mail, ler um que outro blog...

*

Quem diz que escrever é fácil merece tomar umas bifas, pra
1. parar de ser exibido
e
2. ver se aprende a mostrar mais respeito por essa nobre arte (sic) que embrulha o estômago de tantas pessoas diariamente.
Uma página em branco pode significar qualquer coisa. Bem preenchida, pode mudar o mundo (sorry honey, a digitadora aqui além de megalomaniaca é utópica. Dane-se o niilism pós-moderno que rodeia o mundinho). Mal, bom, que seriam dos cachorros de apartamento sem jornal?

*

Lutar com palavras
é a luta mais vã.
Entanto lutamos
mal rompe a manhã.

Drummond


*

Ra-i-nha da dispersão. Só falta achar a escola de samba.

*

Li ali em qualquer lugar que a graça do Keuroc é ser como uma estrada. Estar sempre indo pra algum lugar sem chegar necessariamente a lugar nenhum. Achei bonito. Fazendo amigos pra sempre, ainda que só por 5 minutos, completou o cara. That´s it, man. That´s it.

*


(Cartie-Bresson)

*

Um dia um amigo diagnosticou que meu problema era falta de concentração. O diagnóstico segue o mesmo.

Nenhum comentário: