10.9.09

Poesia. Saudade de enxergar poesia pelas esquinas.

Nenhum comentário: