15.12.09

Monografia - último round

Se é pra terminar, que seja em grande estilo.
Como todo mundo mais ou menos sabe eu rodei a baiana, fechei a mono e me toquei pra Bolívia. Agora voltei pra encerrar mais esse pedacinho da minha vida e tocar adiante sabe-se lá pra onde. O último round, momento derradeiro, agora é que são elas de Fabico - ou seja, a apresentação da famigerada monografia -, é amanhã às 10h na sala 400 e alguma coisa da, ta ta, Fabico. Ninguém precisa acordar cedo (cof) pra ver os meus lindos olhos verdes, mas quem quiser será muito bem vindo.
O título ficou uma coisa bonita, mas no fim gostei bastante do trabalho:

Análise da construção da informação através dos links no blog “O Biscoito Fino e a Massa” durante o ataque de Israel a Gaza em dezembro de 2008

Quem quiser dar uma olhada me avisa que eu mando o bicho. E se tiver algum erro, foram as amigas do peito irmãs camaradas Ana Lúcia e Cris Rodrigues que corrigiram. A Ana ainda imprimiu e encadernou, o que significa que eu vou imprimir, encadernar e corrigir uma monografia ano que vem... :)

De qualquer forma, fica o convite.
Vejo vocês lá, ou não.

E pra ver como uma moça pode ser piegas, os agradecimentos, escritos direto de Samaipata, BO:

Agradecimentos


À minha família, em especial aos meus pais que sempre tiveram como uma única condição que eu fosse feliz.

A minha irmã Caroline, por acreditar em mi mesmo quando eu não acreditava.

Aos meus amigos, por estarem sempre presentes e assim ajudarem a manter a minha sanidade mental.

À sociedade brasileira, que custeou os meus estudos e me proporcionou uma educação pública e de qualidade, um privilégio raro em um país como o Brasil.

À Fabico, que entre erros e acertos me proporcionou cinco anos inesquecíveis e me permitiu conhecer pessoas muito especiais que levarei por toda a vida.

À minha orientadora, Laura Strelow Storch, pela paciência, amizade e grande dedicação na hora da orientação, essenciais para a realização deste trabalho.

Aos professores Wladymir Ungaretti, Clarice Esperança e Cida Golin por ensinarem jornalismo para além das paredes da Fabico.

Ao povo palestino, que sofre sozinho frente a um Ocidente silencioso.

À Ryzard Kapuscisnk, Gabriel García Márquez e todos os escritores que me fizeram crescer sonhando em cruzar fronteiras.

Aos caminhos e descaminhos da Bolívia, país onde escrevo estas linhas e que espero ser o começo de uma série de outros desbravamentos.

2 comentários:

Caroline disse...

Muito obrigada pela dedicatória maninha. Gostei bastante de toda ela.

Sempre acreditarei em ti.

Paula disse...

Valeu, babe. :)
E acrescento aqui via comentário uma dedicatória pra Ana Lúcia, que entrou na versão final.