13.2.10

Carnavalices

Ahh, que eu ainda pulo um carnaval bacana e com marchinhas, eu pulo. Enquanto isso, servem as marchinhas.

Aaaaai, a bruxa vem aí
e não vem sozinha,
vem na base do saci

Pula, pula, pula
Numa perna só
Vem largando brasa
no cachimbo da vovó!

*

Se vc acha que cachaça é água
cachaça não é água não
cachaça vem do alambique
a água vem do Ribeirão

*

Mamãe eu quero, mamãe eu quero

Mamãe eu quero mamar!

Dá a chupeta, dá a chupeta, ai, dá a chupeta

Dá a chupeta pro bebê não chorar!

Dorme filhinho do meu coração

Pega a mamadeira em vem entra no meu cordão

Eu tenho uma irmã que se chama Ana

De piscar o olho já ficou sem a pestana

Eu olho as pequenas, mas daquele jeito

E tenho muita pena não ser criança de peito

Eu tenho uma irmã que é fenomenal

Ela é da bossa e o marido é um boçal

*

O teu cabelo não nega mulata

Porque és mulata na cor

Mas como a cor não pega mulata

Mulata eu quero o teu amor

Tens um sabor bem do Brasil

Tens a alma cor de anil

Mulata mulatinha meu amor

Fui nomeado teu tenente interventor

Quem te inventou meu pancadão

Teve uma consagração

A lua te invejando faz careta

Porque mulata tu não és deste planeta

Quando meu bem vieste à terra

Portugal declarou guerra

A concorrência então foi colossal

Vasco da gama contra o batalhão naval

Nenhum comentário: