13.6.10

13 graus

Faz 13 graus no Rio de Janeiro (e só durante à noite, à tarde o mundo é lindo está sempre em 20, 25), e é quase como se estivesse nevando. As pessoas se enchem de mantas, botas, casacos. Esfregam as mãos e andam curtinho, mais ou menos como a gente caminha quando faz seis graus e o vento sopra forte, rangueando os cuscos e imitando o minuano. No meio disso tudo, os estrangeiros que vieram de lugares onde 13 graus é alto verão andam despreocupados com a camisa da seleção e bermudas. O estrangeirismo é um estado de espírito e uma noção de temperatura.

6 comentários:

Signorina Benvenuti disse...

È, certas coisas são totalmente sem sentido. Lembro bem quando queria comprar um casaco de lã mas, por morar em Poa, achava megaexagero... Mas felizmente (ou infelizmente) consegui uma reprodução da Serra em SP, minha própria casa. É tão gelada que dá pra usar luvas à noite.

Paula disse...

São paulo city, seis horas e outro planeta. Mas admito q curto a idéia de não passar frio...

Joana's disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana's disse...

Queria veste pessoal aqui em Caxias por estes dias, que até nós que somos acostumados, andavamos super encasacados, isso que chegou aos 4 ou 5 graus......

Rodrigo Cardia disse...

Quem me dera o verão de Porto Alegre fosse como o inverno do Rio... Até eu, que tenho pavor de verão, ia gostar se fosse assim!

Paula disse...

Ah, mas vou passar bem longe de Caxias agora em junho e julho. Fora a queda de pressão constante e o suor tem alguma coisa que me fascina no verão, sabe?
talvez sejam só as roupas mais abertas e coloridas, ou a súbita vontade de sair pra rua passear com os cachorros às 3 da manhã que acomete a vizinhança, mas acho as pessoas mais alegres no verão.