2.3.13

Fontana di Trevi - Um desejo e duas moedas pra Roma



Joguei duas moedinhas na Fontana di Trevi ontem à noite. Logo depois descobri que uma vez por semana a prefeitura de Roma passa por lá e recolhe tudo, tirando ao menos uns 4 mil euros por mês só em desejos alheios. Bene, fica aí a minha contribuição à cidade eterna.
Pedi pra voltar, ter uma vida plena, essas coisas, e segurei a vonta de sair gritando "Marcello, Marcello" pelas ruelinhas nos arredores. Numa dessas vai que eu cruze com um sósia do Mastroiani por aí...

*Hoje é impossível encontrar a Fontana de Trevi sem turistas. Dizem que os melhores horários são de manhã bem cedo e às 23h, quanto a fonte fica toda iluminada. Mas nem sempre foi assim. A culpa é do Mastroiani e da Anita Anita Eckberg, ou melhor, do Fellini, que imortalizou o local ao filmar a cena mais famosa de La Dolce Vita ali. Cristina, a amiga italiana que está me recebendo, diz que os romanos no geral nem gostam muito da fonte.

Nenhum comentário: