23.9.13

Em tempo

Bianchi Jr chamou a atenção por e-mail para um erro perpetuado há tempos na barra lateral aqui do bloguinho. Um das frases de que mais curto do Eduardo Galeano não é, ora pois, do Galeano.
A confusão se deve a uma entrevista em que o escritor cita a definição de utopia que o diretor de cinema argentino Fernando Birri deu durante uma palestra que os dois fizeram juntos em Cartagena há alguns anos, como a gente vê (e é sempre bom escutar esse uruguaio) no vídeo abaixo.



Engano esclarecido, sigo concordando com Galeano apud Birri:  "A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar."
Valeu pela correção e pelo vídeo, Caro!

Nenhum comentário: