1.8.14

Pequeno conto sobre ser adulto e só na metrópole

Moça mora sozinha. Moça chega em casa perto da meia noite, abre a porta e encontra dois morcegos voando em círculos na sala. Moça pega vassoura, espanta morcegos, fecha a janela e limpa o apartamento todo com alvejante. Antes dormir, moça benze apartamento e planeja queimar um incenso pela manhã, just in case. “Yo no creo en las brujas, pero que las hay, las hay.”


Ser adulto é expulsar os próprios morcegos.

Nenhum comentário: