18.9.14

Cresce o número de pessoas que se autodeclaram negras

É bacana ver que, apesar de tanto retrocesso, algumas coisas estão caminhando nesse nosso Brasilzão tão diverso. Caso dessa notícia bonita de reportiar de que a população auto-declarada preta (junto com os pardos, eles formam o conceito de negro usado pelo IBGE), aumentou o equivalente a duas cidades de Salvador nos últimos dez anos. E isso não é resultado da fertilidade, mas de como a ideia de ser negro no país tem mudado.
Nos conta a Jana, que demorou alguns Censos até responder preta ao recenseador: "Me tornei negra, foi um processo. Eu sempre usava variações do termo mulata. Hoje, pelo amor de Deus, não me chamem de mulata! Isso era fruto de o que eu aprendia como sendo o negro na escola e nas ruas. E o que eu aprendia é que ser negro era muito ruim."

A matéria toda aqui, lá na nova casa, o UOL. ;)

Nenhum comentário: