8.6.15

Pessoas

Tche, a graça desse mundo são mesmo as pessoas. À espera da minha consulta no dentista, batia um papo com a secretária, Lô, uma jovem e animada senhora. Ela contava que está atrás de alguém para adotar um gatinho que achou preso em uma macumba fim de semana. Daí a conversa passou para o candomblé, Lô lembrando como viu cerimônias muito bonitas em terreiros na época em que morou na Bahia, há 30 anos. Chegou até a conhecer a mãe Menininha antes da fama. Pergunto o que ela fazia por lá, ela responde. “Ah, é que eu era de uma gangue de motoqueiros, os Hells Angels.” Falta de timing total, o dentista decide aparecer e me chamar para entrar. Consulta que vem chego antes só para saber o resto da história.

Nenhum comentário: