19.2.16

Sobre descansar cansando

Tava aqui, meditando com meus botões, sobre essa coisa do cansaço. Esses últimos dias - aka, Carnaval -, eu dormi pouco, passei o dia saracotiando, e me senti zero cansada. Verdade verdadeira, me senti bem para caramba.

A mesma coisa acontece quando eu estou trabalhando/estudando muito, mas produzindo também e conseguindo sentar pra encontrar os amigos. Chego naquela canseira em casa, mas acordo novinha.

Daí que essa semana a vida volta ao normal, o nível de trabalho e de estudo também, e eu... tô direto cansada!

Lembrei de uma conversa com a grande Ana Lúcia em que chegamos a conclusão de que as pessoas tem formas diferentes de descansar - no meu caso e no dela, descansamos cansando. Me explico.

Preciso gastar boa parte da energia acumulada que tenho pra conseguir acordar 100% no dia seguinte. Se não, fica aquela sensação de algo embotado, a soneira...

Acho que a energia, o ânimo, é um fluxo que a gente tem que manter em movimento. Se não ela vai acumulando e meio que vencendo, sabe?

Enfim, viva a boa canseira.

Nenhum comentário: