7.4.16

Diário de uma pitangueira

Está brava plantinha nasceu em Caxias do Sul e depois de viajar de ônibus até Porto Alegre e de avião até o Rio de Janeiro fixou residência na varanda cá do apê no mui valoroso bairro das Laranjeiras. Essas duas folhas mais novinhas já podem se dizer cariocas e o plano é que a moça cresça e apareça, incrementando os planos de lar-pomar. Próximos capítulos neste mesmo batblog em god only knows que bathorário.

Nenhum comentário: