3.1.17

Zuck e os likes

Passei uma semana no meio do mato, longe de sinal de telefone e, principalmente, da internet. As mensagens pingavam volta e meia, quando calhava de entrar algum fiozinho de sinal no telefone durante os passeios. Resultado: livros lidos, horas conversando com amigos, grandes momentos, poucos registros -- teria lido, conversado e tido grandes momentos com internet também, mas admito que eles seriam permeados por outros tantos rolando a barrinha das redes mais por um (mau) hábito do que qualquer outra coisa. Abro o e-mail hoje, numa daquelas abas separadas das mensagens principais, o Facebook, saudoso dos meus likes e horas de ócio, me avisa, ‘fulano curtiu isso, ciclano aquilo, não sei quem atualizou não sei o que’. E eu com isso, Zuck? 

E vamos de Chico César, que reflete sobre isso melhor que eu nessa doçura de canção.

Nenhum comentário: