24.7.17

Desassossego


Tem um trecho de um livro para-crianças-e-ainda-mais-para-adultos do Valter Hugo Mãe em que a narradora, uma menina, diz, “sofro de um problema de desassossego. Não sei estar sossegada”. 

Nesses dias que me vem um banzo não sei bem de ontem – pelo futuro, pelo passado? A ansiedade como modo de vida --, a frase fica pairando em mim. Estar sossegada, pois. Não sou capaz.


Nenhum comentário: